Dicas de Saúde

O que é Atrofia Muscular Espinhal (AME)?

A Atrofia Muscular Espinhal (AME) é uma doença rara, de caráter degenerativa, de transmissão genética, que afeta o funcionamento dos neurônios motores responsáveis pelos gestos voluntários vitais simples do corpo, como respirar, engolir e se mover. Ela pode ser classificada em tipo 0 (antes do nascimento) ao 4 (segunda ou terceira década de vida), dependendo do grau de comprometimento dos músculos e da idade em que surgem os primeiros sintomas. A AME é uma doença sem cura, até o momento e para garantir os cuidados em saúde destes pacientes é essencial uma equipe multiprofissional especializada que inclui médicos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, nutricionistas, enfermeiros, terapeutas ocupacionais dentre outros.

O Fisioterapeuta Respiratório tem papel vital nos cuidados dos pacientes com AME. Este profissional avalia e monitora os sinais e sintomas respiratórios, sua evolução e, a partir disso, organizar, treinar e implementar os cuidados respiratórios essenciais para cada paciente individualmente.

Os principais sinais e sintomas da AME são:

  • Perda do controle e forças musculares.
  • Incapacidade/dificuldade de movimentos e locomoção.
  • Incapacidade/dificuldade de engolir.
  • Incapacidade/dificuldade de segurar a cabeça.
  • incapacidade/dificuldade de respirar.

O fisioterapeuta respiratório pode implementar ações preventivas para a manutenção dos pulmões saudáveis, analisar a necessidade do uso de ventilação não invasiva ou mesmo de uso de ventilação mecânica domiciliar.

O mês de agosto é O mês onde falamos da AME, para que se conheça a doença e as necessidades do paciente. Falar da doença facilita a divulgação de informações corretas sobre a doença, divulga a importância dos cuidados preventivos na manutenção da saúde destes indivíduos e conscientizar as pessoas sobre o diagnóstico precoce e o acompanhamento multiprofissional especializado.

Previous Article

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *